AMIGOS SÃO JARDINS
(por Regilene Rodrigues Neves)

Todo amigo é uma poesia que a alma escreve
Rimando versos aleatórios em seu nome.
Pois todo amigo é feito de inspiração
Quando eleva nosso pensamento em pura emoção,
Porque amigo é coração!

Coração que ama que acolhe que cuida,
Que rega o outro como jardim,
Para que floresça sobre espinhos
De manhãs tempestuosas
Aromas de auroras...

Amigos têm cheiros únicos
Cravos lírios jasmins
São todos jardins
A enfeitarem a alma
Exalando dentro toda a essência cultivada.

Perfumadas tem almas de flores...

Cada amigo contém em seu pólen
O ópio que alivia as dores da vida
Carregam em si almas afins
Cuja fragrância é o amor
Que se abrem em flor pelos jardins...

Em 21/03/2017




JAZ A SAUDADE
(Regilene Rodrigues Neves)

Saudade
Sentimento ilhado na alma
Entre mil lembranças recolhidas no tempo
Guardam teu perfume impregnado de recordações...

Penduradas presas junto ao peito
Exalam tua fragrância...

Jazem no meu coração sôfrego
As flores sepultadas da tua essência
Querendo lembrar-te pela eternidade afora...

Misturando teu cheiro na minha alma
Derramando saudade dentro de mim...

Em 20/03/2017



MULHER
(por Regilene Rodrigues Neves)

Todas as flores nascem
E são colhidas ao teu encantamento
Para exalarem o perfume que roubam de ti,
Porque conténs a fragrância dos jardins
E a gratidão do universo...

Na soma de todos os versos
És de todas as cores, de tão coloridas
São raras, são lindas, são flores!

Porque é teu abraço
O ópio que alivia todas as dores
O teu colo onde repousa todos os afetos
O teu ventre onde cria o semelhante
O teu seio onde amamenta a vida
E a vida é a tua continuação...

Teu codinome é mulher
Que se multiplica para ser única.

Mulher
Teu amor é materno
É etéreo na finitude do tempo
Que te eterniza...

Tuas qualidades e adjetivos são poesias
Para todos os poetas que a recria
Em mil versos para enfeitar o teu dia
E te envaidecer como mulher!

Em 08/03/2017








SAUDADES DE UM LUGAR
(por Regilene Rodrigues Neves)

Saudades são tantas...

Vão e voltam fazendo reviravoltas
Em meio a lembranças guardadas no tempo...

Saudade de um cheiro
De um lugar, do que ficou para trás
Lá onde guardada ela está
Querendo outra vez sentir, tocar, brincar...

Saudade de coisas que não vão mais voltar
Pela completude que se foram
Deixando suas sentimentalidades na alma...

Que outrora voltam querendo ficar
Cheia de poesia e nostalgia no ar...

Saudades de um lugar
Por onde meu coração se refugiou um dia
Onde a alegria corria solta
Num sorriso frouxo de menina
Vivendo a infância
Somente a sonhar...

De uma casinha pobre,
Mas cheia de irmãos pra brincar
Onde o amor era uma família
Que sofria, mas também vivia suas alegrias
Que a saudade guardou de um lugar...


Em 21/01/2017






FELIZ ANIVERSÁRIO MAYARA

Um poema em teu nome
Rega-te de flores
Para celebrar o teu dia...

A vida regozija em ti toda a felicidade
Espalha-se teu perfume sobre jardins
Para festejarmos tua primavera
Em pleno verão de calor intenso
E assim misturada de estações
Sóis te aqueçam de prosperidade...

De sorrisos faz-se nossa alegria
Em êxtase pelo teu existir!

Hoje cairá sobre ti
Uma chuva de bênçãos
Molhando tua vida de redenção
E num abraço de Deus
Sentirás gratidão!

Seja louvado o teu nascimento
Multiplicado os teus dias,
Para que muitas primaveras
Sintam teu perfume exalar tua graça...

Para que nasça e renasça
Completando o ciclo da vida
Além-aniversários...

Parabéns Mayara! Te amo infinito...

(por Regilene Rodrigues Neves)
Em 07/01/2017








Maio termina findando um ciclo de angústias
A promessa seguinte renova minha fé.
O horizonte deixa escapar um sorriso de esperança
Creio ter sido dias de metamorfose.
É hora de recomeçar...


Regilene Rodrigues Neves 





Essa lágrima sem chorar no meu peito
Engole a seco minha tristeza
E se esvai solidão adentro
Guardando em algum lugar
A esperança de em breve sorrir novamente...

Regilene Rodrigues Neves