AMADEIRADO
De Regilene Rodrigues Neves
Para Lena
Era uma vez
Além das nuvens
Uma menina que sonhava...

Assim, a criança
Deu lugar a uma linda mulher
Que sempre, sempre,
Razões de viver
Em seu caminho buscava...

Passou a gostar das cores
Das folhas velhas dos livros
Do seu cheiro amadeirado
Impregnado na alma
Por um amor paterno...

Que da sua perda
Veio o crescimento
A força e a inspiração
Que a fez querer
Mergulhar nas letras
E delas ver emergir
Um sonho literário...

Um espaço dedicado
A reflexão sobre a vida
Onde todos
Dele saíssem viciados!

Nesse tom que em sua alma
Tem aroma amadeirado
De folhas amareladas
Soltas em um livro
Aberto de sentimentos

Com notas de sândalo
Feito vinho envelhecido
Em barril de carvalho...

Criou um lugar
De páginas refinadas de amor
Exalando dentro de nós
Seu perfume AMADEIRADO...


vicie você também.... Amadeirado

9 comentários:

  1. Adoro o Amadeirado; adorei a poesia.

    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Regilene
    Agora eu tenho mais que certeza sobre o que você leva na alma: muito amor, muita generosidade, minha querida amiga, meiga e suave. Me sinto mais uma vez hiper lisonjeada, emocionada, feliz com essa homenagem que vc me fêz. Antes de ontem fiquei um pouco triste com esses desreipeitosos anônimos, e você me salvou lindamente com essa poesia mágica.
    Obrigada, Regilene. Graças a Deus que Ele nos colocou como amigas. E soube hoje de mais uma sintonia entre a gente: os seu dias mais felizes de trabalho foram passados em uma biblioteca, local onde trabalho e que igualmente a você, eu amo!
    Beijos com imenso carinho e uma linda tarde de terça!!!!
    Obrigada, sempre, minha doce amida! Te adoro!

    ResponderExcluir
  3. Regilene, é lindo o que escreveu :)
    Adorei o fim: vicie vc tbm rsrs
    É por culpa do Amadeirado e da sua doce dona Madeirinha que hj escrevo poesia, sabia? ;D a primeira que fiz foi em homenagem a ela, por isso to me identificando contigo sem te conhecer, pode? hehe
    Todas as palavras de carinho que a Lena nos diz nos impulsiona a querer seguir em frente e nos faz acreditar que somos sempre capazes de chegar lá longe!! Essa coisa fofa se tornou minha melhor amiga dentro e fora da blogosfera então dá a mão pra ela que ela sempre segura firme e não te abandona nunquinha :)
    Pode segurar a minha tbm!
    bjokitas com mega carinho.

    ResponderExcluir
  4. Que poema mais lindo que vc fez para a Lena!.. O cantinho dela é mesmo um pedacinho do céu que nos encantamos cada vez que a visitamos!

    Beijokas em seu coração Regilene e parabéns por essa belíssima homenagem!

    Verinha

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhhhhh agora você me conquistou Regilene!
    Escrever sobre o minha flor mais linda do jardim é para quem tem competência e vc teve. A lena é merecedora dessa homenagem, pois realmente é uma pessoas maravilhosa.
    Parabéns para você e para a Lena.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  6. Ah! Regilene... esse vício amadeirado apoderou-se demim... há um bom tempo... desde que aprendi a ler vi nos livros, nas letras faladas, lidas e/ou escritas a salvação da minha vida! Mergulhei nesse oceano e não saio mais!! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. OLá, Regilene.. QUe bela homenagem a querida Lena, que muito nos encanta com seus belos textos! Não dá para ficar sem Lena. Ela é maravilhosa e estremamente dedicada! Estava com saudades do seu cantinho. Tudo sempre lindo por aqui! Bjo grande no seu coração. VC também é maravilhosa!! Lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. boa noite minha querida amiga!
    Como passei uns dias afastada da net vejo que muita coisa aconteceu por aqui.
    essa homenagem a minha querida docinho de côco foi tudo de lindo que se pode falar de uma pessoa tão querida e amada pelos blogueiros...fico tão feliz como se fosse para mim.Bjsss

    ResponderExcluir