NAS ASAS DE UM POEMA
por Regilene Rodrigues Neves

O sol declina no horizonte
Enquanto a lua se aproxima
Vestida de sonhos...

Antes de partir a estrela maior
Deixara para trás entre nuvens densas
A plenitude de um lindo arco-íris
Derramando esperança sobre o mar...

Deitada próxima a areia
Uma rosa vermelha ali esquecida
Exala seu perfume de amor
E uma poesia se faz
Entre a paisagem e os sonhos
Absorvendo a fragrância volátil
Que no ar sublima sua essência...

Enquanto caudaloso o sentimento
Navega dentro da alma
Procurando versos
Escritos naquele átimo
De lembranças românticas
Que na paisagem deixara
Seu rastro de amor
Escritos entre o céu e a terra
Nas asas de um poema...

Em 22 de outubro de 2011





22 comentários:

  1. As imagens mentais que deixaremos entre o céu e a terra é o que hoje nos revigora no enfrentamento das vissicitudes. Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  2. Trazes na alma um poema
    Musicado em cinco notas,
    Cantado em belo tema
    Nas asas das gaivotas...


    Trova inspirada em um inspirado poema - e também na imagem do blog.
    (Sem falar na imagem da dona do blog...)
    Beijos, Regilene.

    ResponderExcluir
  3. Regilene,

    Belo...Singelamente belo.O poema é pássaro e nos conduz na paisagem . Grande inspiração.
    Abraços,

    Aureliano.

    ResponderExcluir
  4. Simlesmente lindo!

    (ASAS, SÃO COMO SONHOS NA VIDA,
    QUE NOS DÃO ASAS E SENTIDO PARA SONHAR SEM DILEMA.
    COMO EM TUDO QUE ACREDITAMOS,
    QUANDO ESCREVEMOS, DANDO ASAS NUM POEMA.)

    UM BOM FIM SENANA;

    BJS.

    ResponderExcluir
  5. Amável e interessante,

    o seu poema!

    Saudações transatlânticas!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela lindíssima inspiração poética.
    um excelente fim de semana para ti.
    abração

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, Regilene. A mesma rosa que exala o perfume de amor, é a rosa que te inspira a escrever versos de amor tão lindamente, de um modo sensível e transparente.
    Um dia lindo para a sua alma igualmente linda!
    Fique bem, e na paz!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Bom domingo minha flor de primavera!
    Seu desabrochar no poema deixa um gosto que sempre quero voltar para terminar de ler...
    Bjs minha linda!

    ResponderExcluir
  9. Olá Edilene, Belo seu poema. Sempre nos encanta pela sua sensibilidade e delicadeza em cada versos. Bjos! Obrigada pela visita que muito me alegra. Boa semana pra vc de paz e poesia.

    ResponderExcluir
  10. Regi..

    Deitada próxima a areia
    Uma rosa vermelha ali esquecida
    Exala seu perfume de amor..

    Passei pra sentir o perfume da rosa..

    um beijo..semana de paz a vc!!

    ResponderExcluir
  11. "O sol declina no horizonte
    Enquanto a lua se aproxima
    Vestida de sonhos."
    Não precisaria de mais nada para que o meu dia terminasse com chave de ouro!!!
    Mais uma vez a minha vinda ao blog é recompensada com este lindo poema
    Beijo amiga

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga querida,

    Uma praia, uma flor, um poente
    .... E o amor enxerga a poesia na paisagem.
    Só o amor faz isso!
    Beijos e obrigada pelo carinho no Palavras

    ResponderExcluir
  13. Olá amiga passei só pra deixar um lindo e maravilhoso bom dia!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  14. Senti nos pés o pulsar da ilha
    Um farol avisa o longe do perto
    A lava encoberta na costa dormente
    Sete rumos e apenas um certo

    Neste Mar senti a vontade de prantear
    A nudez da noite no encontro do silêncio total
    Encobriu meu pranto das estrelas
    Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  15. Querida amiga,

    Um poema que transcende, tal a beleza que exala dos versos. O cabeçalho ficou lindo e remete a leitura de sonho deste belo poema.

    Beijos com carinho e linda semana!

    ResponderExcluir
  16. Minha querida

    Simplesmente...aconteceu POESIA.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, Regilene. Passei aqui para te desejar um fim de semana de paz, e dizer que estou sentindo a sua falta.
    Um beijo grande, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  18. Você é dotada de grande sensibilidade. Tudo que escreve me encanta. Quando leio poemas, entro neles. E o que mais vale é a sensação que me deixa essa viagem.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, Regilene. Eu não tenho te visto nem no meu, e nem em outros blogs amigos. ESPERO QUE VOCÊ AGORA ESTEJA BEM, POIS ESSE SUMIÇO ME PREOCUPA.
    Um beijo grande, que a paz seja contigo, e tudo se resolverá.
    Momentos são feitos de dor e prazer, amor e desamor, infefelicidade e felicidade.
    Faz parte da vida, e não podemos fugir a isso.Tudo um dia, ficará bem em nossa alma!
    Deus te abençõe!

    ResponderExcluir
  20. Olá Regilene. Passando para ler mais uma vez esse belo poema. Desejo pra vc muita paz e todo carinho. Bjos.

    ResponderExcluir
  21. Olá querida Rê!

    Simplesmente lindoooo!

    Voce como sempre dando um show de inspiração!Parabens!

    Beijos de sua admiradora-amiga!

    ResponderExcluir