CAMPOS DE FELICIDADE
(por Regilene Rodrigues Neves)

Que abriguemos sonhos
Que vistamos fantasias
Que nossos sorrisos se propaguem
Em face da alegria
Que cultivamos e compartilhamos...

Que a energia de dentro
Parta de nós em força e alento
E nos cerque de bem-aventuranças...

Que louvemos a vida em gratidão
Ao amor colhido nas estações...

Que o reparta
Em alimento para alma,
Para que a ternura não se perca
Em caminhos vazios de afeto...

E que juntos possamos construir
E realizar nossas aspirações
Para que a amizade se espalhe entre canteiros
Cultivados em gestos de carinho...

Porque sonhar, sorrir e amar,
Faz nascerem pés de esperanças nos desertos
E florir jardins em terrenos áridos de sentimentos...

Que o amor entre nós
Habite entre o céu e a terra
Para que avistemos no horizonte
Campos floridos de felicidade
Cultivadas a céu aberto
Em gestos de amizade!

Em 09/04/2014



3 comentários:

  1. Amiga Regilene, no teu poema, pode vislumbrar bem "Campos de Felicidade", uma vez que uma visão de positivismo, está sempre presente.
    B eijos

    ResponderExcluir
  2. Amor no teu doce coraçao sempre

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Regilene, que lindo! Mais pareceu uma prece esse desejo de amizade e felicidade , aberto para uma cumplicidade cada vez mais plena de amor, encanto e vivacidade.
    Esse deslumbrar é o toque da alma que quem permite amar sente!
    Beijos na alma e lindo fim de semana de paz!

    ResponderExcluir