AO SOM DO CORAÇÃO

Autoria de Regilene Rodrigues Neves



Ao som do coração
Silêncios de amor profuso
Batendo dentro do peito
Compondo estrofes
Para nossa canção...

A música de letra suave
Ritmos quentes
Tocam dentro da gente
Entranhando o corpo a alma
Num compasso
De dança, sensualidade e prazer...
Dentro de um mesmo querer!

Passo a passo ouve-se
O som dos nossos corpos
Colados na pele suada
De um vai e vem de amor!

A letra sensual derramada da música
Compondo notas de êxtase
Dedilhadas no corpo
Na silhueta de um piano
Estendido no leito
Tocado com ávida emoção
Ao som do coração...

O compositor entregue de paixão
Molha de amor a composição
Numa excitação frenética
De um autor por sua canção!

A nota maior
Derrama na menor
Numa melodia
De sensibilidades que as unem
Numa nota superiormente mágica!

O grito da platéia
Alucinada em gozo
Ouvido ao som do coração
Vibra no embalo da nossa canção!...


Em 07 de maio de 2008

Um comentário: