SINTO FALTA DE TI

Autoria de Regilene Rodrigues Neves


Sinto falta...
Do carinho que vinha de ti...
Do abraço me abraçando de amor!
Do sussurro baixinho da tua voz
Suspirando de emoção no meu ouvido...

Do prazer ousado dos nossos corpos
Do teu cheiro de homem inconfundível
Do calor intenso que acendia
A chama da paixão entre nós
Do aroma aprazível que emanava de ti...

Dos sonhos sonhados juntos
Do companheiro e amigo
Das almas intrínsecas
Numa aliança de desejos
Confessos um ao outro...

Dos ciúmes sem nexos
De um olhar para o lado
Roubando-me um segundo de ti...

Desse gostar gostoso
Que me alimentava de amor
Do sabor dos teus lábios
Num beijo macio
Provocando meu corpo...

Das horas medidas no tempo,
Para gritar todo esse amor!...

Do olhar de malicia
Insaciável do teu querer
Deliciando minhas curvas
Querendo me ter...

Dos segundos mágicos
Que se perdiam entre nós
Conspirando a favor
Desse louco amor!

Da saudade
Quando despedia
Do último encontro...

Das palavras que ficavam em silêncio
Na compreensão mútua de um olhar...
Do apego pego no colo dos sentimentos...
Do carinho desalinhando meus cabelos
Misturando nós dois...
Da face dedilhada nas pontas do amor!

Do cálice bebido junto
Num jantar romântico
De velas... Do som ao fundo
De flores entregues...
Do bilhete dizendo: Eu te amo!

Sinto falta de ti
Quando percebo tua ausência
Numa lágrima derramada do meu peito
Em infinitas lembranças de nós dois...

Sinto falta desse amor bonito
Escrito da alma
Confesso em versos
De um poema dedicado
A saudade traga do coração
Nesse momento de solidão
Que paira sobre as lembranças
De fotografias de nós dois
Em amor eterno...


Em 07 de maio de 2008

Um comentário: