SEPARAÇÃO

Autoria de Regilene Rodrigues Neves



Seu amor ainda chama nos meus sonhos
Revira meus lençóis em procura do meu corpo
Intenso de paixão me beija
O lábio sôfrego de saudade...

As mãos cheias de carinho
O olhar perdido dentro de mim
Como se quisesse fazer o último pedido
Abraçar todo o tempo da cruel separação...

Nossos corpos se misturam
Em loucuras de amor
O sussurro grita de prazer
Num querer insano de amar...

Meu amor entranha no seu amor
Fundindo-se na dimensão de almas gêmeas
Numa declaração feita de corpo e alma
Em confesso eu te amo!

Entregamos nossos desejos
Aquele momento pleno...
Entre paredes íntimas
Cavalgamos aventuras
Percorridas em galopes
Do seu corpo dentro do meu

Dois corações descompassados
Num ritmo alucinado
Ao som do amor
Batendo a emoção
Da nossa canção
Dentro do peito
Sobre o leito esquecidos
De voltar do sono
Que me fez sonhar
De novo nosso amor!

Quisera o destino nos separar
Levar de mim o amor mais bonito
Num grito de dor
Quando teus olhos para os meus se fechou
Deixando vivo no meu corpo seu amor!

Em despedida teus lábios pronunciaram
As últimas palavras:
Eu te amo tanto... Tanto...
Abraçado em mim você partiu
Deixando um sonho profundo
De lembranças do nosso amor
Que hoje voltou no meu corpo
Para fazer amor!...


Em 04 de abril de 2008

Um comentário: