LAMENTO DE AMOR
De Regilene Rodrigues Neves

Ah! Amor
Desliza dentro de mim
Seu carinho
Escorre tua seiva de sentimentos
Para que eu me cure
Dessa carência tua...

Saio caminhando pela rua
Minha alma nua
Solta do meu corpo
Procura-te num novelo de lã
Trançado num manto
Para aquecer meu coração
Vazio na solidão!

Cubra-me nesse inverno
Que me expõe sem amor
A um corpo sem carinho
Sinto frio sem ti...

Bato na porta do tempo
Lá fora a neve trinca minha alma
Que vaga a esmo sem destino
Desatino a chorar meu pranto...

A brisa fria de um lamento
Percorre-me num alento de solidão
Sobra amor no meu coração,
Mas que fazer com tamanha desilusão?

Ah! Amor por que te sinto
Maior que a mim
Que não consigo respirar
Sem te tocar tão íntimo
Que se estreita dentro do peito
Não aceito esse jeito
Solitário de amar
Quero te encontrar
Que seja aqui ou em outro lugar
Quero te tocar

Desenhar tua face
Numa moldura dentro de mim
Na parede do meu coração
Colar-te para sempre e ver que ali está
Só para eternamente te amar!...

Em 27 de março de 2009

Um comentário: