PERFUME DE FLORES
por Regilene Rodrigues Neves

Enquanto olhava a primavera no jardim
Ouvia a felicidade cantando arredor
Na alegria imperceptível
No sorriso que simplesmente sorri
Sem se importar com as diferenças...

Deixei meu peito respirar o ar da manhã
Seu perfume de fores ficou no meu corpo
Para que sentisse a fragrância de Deus
E aquele momento impregnasse minha vida
Do cheiro do amor emanado da natureza!

Quis colher essências
Para que minha alma
Pudesse extravasar toda energia do bem
Numa doação mútua da graça
De Deus para o homem.

Quis orar ante todas as coisas colhidas do universo
E que muitas vezes se quer olhamos para o lado
Seguindo em frente um caminho de materialidade,
Mas não fosse esse momento Divino
A vida não seria possível
Porque sem sua beleza
Não existiriam manhãs cheias de gratidão!

Obrigada Senhor por esta sensibilidade
Que planta flores na fidelidade de um jardineiro
Regando a terra para que floresça um lindo jardim
E possamos acordar perfumados
Com essências de ternura!

Em 27 de outubro de 2009

Um comentário: