CANÇÃO PARA UM GRANDE AMOR

Autoria de Regilene Rodrigues Neves


O piano toca a música secreta da alma
Notas de um amor imerso
Entre o silêncio e o rascunho de uma partitura
Numa composição noturna
Sintonia de sentimentos na voz do coração
Transmuta na melodia que alivia
A dor de amor que entre as flores
Exalou o perfume suave de uma linda estação...

A primavera partiu deixando flores pelo chão
Segui o rastro das lembranças...
Afaguei a pétala vermelha da minha paixão!

Um olhar de sonhos ausentes
A fragrância da solidão
Impregnada de saudade
A canção entranhada
Rolando em lágrimas de emoção...

Gotas de orvalhos acordam a manhã
De uma noite nem se quer dormida
Vestida de versos da nossa canção
Rasurada de lágrimas
Desta minha infinda comoção...

Chorei ao sentir o amor que te entreguei
Quando o êxtase embargou meu corpo
A nota mais íntima do amor que te devotei!

A melodia que te escrevi
Somente escuta a alma que ama
Numa viagem etérea ela navega
O amor vira anjo
Leva-me em tuas asas de lembranças...

O céu vira uma cortina de suaves nuvens...

Na retina do meu longínquo olhar
Formam o amor uma imagem tua
Que faço melodia para nela te lembrar
Quando a saudade doer nessa dor infinita... Tua!

Exalada em primaveras...
Noturnas composições de um amor
Que ao morrer fez morrer a alma
Deste melancólico compositor...


Em de 11 de setembro de 2007

4 comentários: