AMANHECER DOS SONHOS

Autoria de Regilene Rodrigues Neves


Acordo da nau dos sonhos...
Para sentir a vida respirar na manhã...
Inspirando-me de energias,
Para compor a poesia que dela emana...

Respiro alegrias
Entre magias de um lindo amanhecer...

Paralela a felicidade
Vestida de simplicidades
Desalinha frondosos arvoredos
Esparramando flores coloridas pelo chão...

O bem-te-vi rege a sinfonia
Em maestria de pássaros soltos na gameleira-branca...
A liberdade testemunha a orquestra advinda da natureza!

Refletida sob a luz do rei sol
Uma linda manhã aquece o dia...
O peito absorve o oxigênio da vida
Sentindo perfumes imensuráveis...

Transeuntes caminham numa passarela de belezas
Seguindo rumo aos seus destinos...
Olhares estranhos se encontram
Sem notarem a presença da vida em sua trajetória...

O trabalho espera dentro dos arranha-céus
Fechados em vidros fumê de ilusões...

Pegadas seguem atrás de sonhos... Desejos... Amores...

A multidão se perde por avenidas... Ruas... Esquinas...
Numa linha transversal de direções incertas...

Deixa para trás belezas imperceptíveis de uma linda manhã...
Correm em busca de uma sobrevivência alheia...
Até que o ocaso chegue findando mais um dia
Em silêncio de sua poesia...


Em 17 de abril de 2008

Um comentário: