MENINO REI

Autoria de Regilene Rodrigues Neves


Acorda menino rei
Vem um novo dia nos abraçar
Despertar no amanhecer
Derramando luz no teu universo,
Para que versos sejam soprados em teu nome...

E assim possamos nesta luz nos banhar
De energias necessárias, para um novo caminhar...

Vem ser o menino sol
Que depois de luas encantadas...
Adormeceu... Depois de beijá-la em despedida...
Vem... Traz tua abundância embevecida do infinito de Deus...
Nesses braços de amor sejamos envolvidos
Após adormecermos no colo amante da noite!...

Tua luz aquece vidas
Aflora primaveras
Testemunha estações
Inflama corações
Ascendem chamas esquecidas
De meros desejos da alma...

Menino rei
Vem bater nas ondas do mar
E tremular na beleza do horizonte...
Num olhar maravilhado da bondade de Deus
Que nos doa sem nada exigir
Tamanha sensação de esplendor!

Abre-nos está cortina de raios iluminados
Sobre o palco da vida... Embriagando-nos do fascínio
Desta paisagem de quimeras... Num cenário mágico
De vibrações positivas fartas de energias para um novo dia!...

Até que no poente
Esgotado de êxtase se despeça
E com a menina lua durma abraçada em sonhos
De uma linda poesia sobre o amanhecer
De um menino sol que no amanhã vai nascer...


Em 25 de abril de 2008

Um comentário: