AMOR DE MENINA
por Regilene Rodrigues Neves


Onde o verso termina
Comecei o teu poema
Numa frase solta em mim
Esvoaçada de amor...

Em letras românticas
Escritas dos meus sentimentos
Compondo o teu significado
No meu coração...

Vestido de sonhos
Sonhei... Um amor de menina...

Era um sonho de príncipes e princesas...
Sonhei uma linda história de amor!...

Crescido de fantasias
Dei nome dei formas
Desenhei seu retrato na alma...

Circulei com meu próprio coração
Igual um caderno colado
De figurinhas de amor...

Sonhos de menina
Que foram crescendo
Sonhando com o príncipe
Que nunca encontrou
O meu castelo de fantasias...

O príncipe cavalheiro
Virou lenda nos livros
Encantados de sonhos de um amor!...

Perdera-se no caminho
De sonhos de outras meninas...

Não sei se o sonho delas realizará
Sei que o meu sonho de amor
Está escrito nas páginas da alma
Cheio de colagens
Que fizessem acreditar nesse tamanho amor
Que virou lenda
Lidas como nesses versos
Que quisera escrever um poema
Em nome do seu amor!...

A menina cresceu
E somente a realidade encontrou
O seu príncipe num sapo
A bruxa má transformou...

O poema nascera de um sonho
De uma história de amor
Que há alma um dia lhe contou...


Em 25 de maio de 2008

Um comentário: