OUVINDO O TEMPO 
por Regilene Rodrigues Neves 

Ainda procuro as palavras
Que me preenchiam de poesia
E de versos para não chorar
Dentro de um pássaro poeta
Que pela a alma viviam a voar
Além terra céus e mar...

De repente minhas asas alquebradas
Pousaram no silêncio
E não mais ouvi
O som dos meus sentimentos...

Sem lágrimas e nem sorrisos
Ainda procuro respostas
E só ouço o tempo meditando...

Dentro de mim a música toca
Enquanto dedilho o teclado
Cheia de emoção...

Lembranças e saudade
Pairam sobre o papel em branco...

Quero gritar para minh’alma acordar
Dessa melancolia que me rouba a poesia
Que dava alegria aos meus dias,
Mas sem nenhuma inspiração
Vivo minha solidão...

Cultivo esperança
Regando-a enquanto espero
Sei que vai passar
O tempo é o melhor conselheiro
É só um minuto de silêncio
Para que tudo volte ao seu lugar...


Agradeço e peço desculpas pela minha ausência, a todos tão queridos e amigos que aqui me deixam palavras de estimulo e carinho. Saibam que lhes sou muito grata e que a minha amizade por todos permanece carregada de muito amor e que abraço todos dentro do meu coração!

Em 16 de dezembro de 2011


13 comentários:

  1. SIEMPRE SU POESÍA ME LLENA DE EMOCIONES.
    BESOS

    ResponderExcluir
  2. Olá minha amiga querida.
    A obrigação dos amigos é mesmo essa, nunca deixarem um amigo sozinho, e você minha amiga está nos nossos corações, pelo menos no meu está!
    É uma alegria tê-la connosco com mais uma linda poesia.
    A solidão é companhia mesmo daqueles que acham que não estão sós...
    Um beijo lindo minha amiga

    ResponderExcluir
  3. Quando a lágrima que desliza encontra
    O sorriso que se abre em flor,
    Quando se escuta a música que o silêncio canta
    Em meio ao caos ensurdecedor,
    O tempo escorre em gotas de saudade,
    No peito brota a semente do amor.

    FELIZ NATAL!

    ResponderExcluir
  4. Lindos e sensíveis versos poetisa querida!
    Que seu natal seja de muita paz e harmonia.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  5. Forte, cheio de sentimentos.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Olá Regilene! passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações. Lindo poema.

    O Natal está chegando, mais um final de ano que aos poucos vai se aproximando, e cada vez mais forte está a minha esperança do dever cumprido neste 2011. Procurei fazer o possível para agradar, tanto com o que postei de terceiros, quanto com as ínfimas baboseiras que criei.

    Hoje estou iniciando uma pausa para descansar um pouco a cuca e a carcaça, analisar os erros e os acertos, e dar uma arrumadinha no nosso humilde espaço, prometendo, se “DEUS” quiser, retornar em janeiro para dar continuidade às atividades.

    Aproveito a oportunidade para apresentar as minhas desculpas àqueles que, de alguma forma, não agradei com as minhas postagens, e agradecer a todos indistintamente, amigos(as) e seguidores(as), pelo carinho, compreensão e, principalmente, pelo grande apoio que é de vital importância neste mundo virtual, esperando no próximo 2012, continuar sendo merecedor dessas ímpares e valiosas companhias. Muito obrigado de coração.

    A todos, um “Maravilhoso NATAL” e um “Fantástico ANO NOVO”, não com fortuna, mas, com muitas felicidades.

    “QUE 'DEUS' SEJA LOUVADO”

    Arte & Emoções
    Rosemildo Sales Furtado.

    ResponderExcluir
  7. Olá, grande amiga Religene!
    O poeta tem controle desde o tempo, por ser imortal às palavras, por ser suas ferramentas.
    Você sabe usar bem os símbolos poéticos como céu, mar, alma, saudade, tempo, solidão etc. com grande maestria.
    Um poema com verso branco e livre com grande ritmo, melopeia e logopeia, isso é fantástico!

    Fico muito feliz que tenha voltado.

    Regilene voltou com vontade
    Para nos matar a saudade
    De de sua sincera amizade.
    Sentimos falta de sua poesia
    Feita com muita sabedoria,
    Talento, esmero e magia.
    Sabemos que em poesia ela é fera,
    É uma das melhores da blogosfera.
    É grande amiga e gentil,
    A vida sem ela é um vazio.
    Regilene para nós voltou
    É por isso que lhe faço esse louvor
    Com aplausos e palma
    Porque vem com o que traz na alma.

    Parabéns pelo dom poético!

    Abraços cordiais e fraternos do amigo!

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde, Regilene. A sua poesia é maravilhosamente inspiradora, e eu sei do seu talento, e que essa hora irá passar um dia.
    Esse ouvir o tempo, é uma necessidade pela qual está passando, e creio que todos um dia passam.
    Eu tenho poemas criados, posto, mas a minha inspiração para criar, anda meio preguiçosa agora.
    É estranho, mas é verdade. A quietude vem, e com ela a ausência de versos, e nós que somos muito almática, não gostamos disso, rs.
    Fique bem, você não precisa provar nada para você e nem para ninguém, pois o seu talento, a sua força criadora, é inegável.
    Não somos MÁQUINAS! Lembre-se disso!
    Peço a Deus, que você tenha um natal abençoado, com paz, amor, e seja lá o que for, não deixe te derrubar, EU SEI que vc é mais forte!
    Que 2012 seja um ano de muita saúde, fôlego de vida e parceria constante com a inspiração!
    Um beijo na sua alma!

    ResponderExcluir
  9. Olá Regilene!

    Belos e sensiveis versos.

    Passando para te desejar um natal com Cristo no coração e um ano renovador, que abra novos caminhos, inaugurando possibilidades reais para o bom e o melhor. Que o novo ano traga-nos o começo de tempos melhores feitos por pessoas melhores, dispostas a vivenciar o verbo Amar. Despertas para que: Mudanças não são frutos dos calendários, mas de corações e mentes, irmanados pelo desejo do bem de todos.

    Feliz natal e bom 2012!!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga Regilene,

    Agradeço pelas lindas palavras que você dividiu conosco ao longo desse ano!

    Obrigada tb pelo carinho no meu blog e pelo acróstico!

    Abraços

    Feliz 2012

    ResponderExcluir
  11. Estivemos juntos por mais um ano, para minha alegria, no blog, no facebook, no orkut, no e-mail, não importa, eu agradeço.

    Há de ser o Natal um grande momento de paz. Há de ser o Ano Novo um tempo de amor.

    Que a paz, o amor e a harmonia permaneçam em seus corações e seus lares.

    Quando em minhas preces, agradeço por vocês existirem na minha vida, enxergo minha pessoa, tão frágil, tão “comum”, tão indignada com as coisas do mundo e me pergunto,como cheguei a vocês?

    Sem planejar, até mesmo sem perceber, aumentou minha família.

    Escuto um eco enorme à minha pequena voz... vocês apareceram na minha telinha, tão natural, tão espontâneo!

    Chego a pensar que sempre foi assim. É assim!!!

    Percebo ainda, que falamos em

    Anas, Josés, Cecílias, Beths, Carminhas, Marias essa e aquela, Edisons, Eloys, Fátimas, Veras e tantos outros, como pessoas de minha maior convivência, na mesa do jantar, ou mesmo almoço.

    Quero desejar agora;

    Da minha família para a sua família, um FELIZ NATAL.

    FELIZ ANO NOVO.

    Que a paz do Natal se multiplique no ano que se inicia.

    Obrigada por fazerem parte da minha vida.

    DEUS os abençoe.

    FIQUEM COM DEUS.

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga, tudo passa. O que você traz na alma é o que fica.

    Um Feliz Natal junto aos seus entes amados e um 2012 excelente sob todos os aspectos. Beijos com carinho e abraço de gratidão

    ResponderExcluir
  13. Bom dia, Regilene. Eu já havia comentado, porém nunca é demais, pois passei aqui para te desejar uma noite abençoada e de paz, e um abraço quente na alma!
    Muita luz para você!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir